GEORGE SOROS DOA PARTE DE SUA FORTUNA À OPEN SOCIETY
 

 

 

George Soros realiza doação usando grande parte de seus bens


DER SPIEGEL

21 de outubro de 2017

Bill Gates, fundador da Microsoft, já mostrou como se faz. Agora, o guru dos investimentos George Soros, segue pelo mesmo caminho, conforme informado pela mídia. O bilionário americano de origem húngara fez uma doação de 18 bilhões de dólares a sua fundação

O bilionário americano, George Soros, segue os caminhos de Bill Gates. O mítico investidor das bolsas de valores informou que transferiu uma grande parte dos seus bens como forma de doação. Ao todo, trata-se de 18 bilhões de dólares, de acordo com informações do Wall Street Journal e do jornal New York Times.

A fundação de Soros ocupa a 2ª posição nos EUA, atrás da organização Microsoft, fundada por Bill Gates. Conforme a lista dos mais ricos, elaborada pela revista americana Forbes, o investidor americano possui uma fortuna acumulada de 23 bilhões de dólares.

Soros, de 87 anos, nasceu na Hungria e em 1992 acumulou um grande patrimônio, após investimentos na libra britânica. Em 2016, ele apoiou a candidatura da democrata Hillary Clinton, nas eleições americanas. Soros é conhecido também por ser um intenso crítico do ministro-presidente húngaro Viktor Orbán. Por fim, ele apostou, na queda das bolsas de valores dos EUA e no fracasso do presidente americano eleito, Donald Trump.

Bill Gates, com a fundação da qual criou ao lado de sua esposa Melinda, instalou um pedra fundamental de um império usando o seu sobrenome. A Fundação Bill e Melinda Gates, cuida dentre outras coisas, do suporte e melhorias em atividades de assistência na área de saúde nos países em desenvolvimento, além de engajar-se, no que diz respeito ao oferecimento da igualdade nos EUA, como por exemplo, a possibilidade de permitir as pessoas de frequentarem as escolas.
Gates é ainda conhecido por ser o homem mais rico do mundo. O fundador da Microsoft de 61 anos, possui um fortuna calculada pela revista Forbes, de 86 bilhões de dólares. 

Tradução: Márcio Alexandre