ALEMANHA: MENSAGEM DE ÓDIO DO PARTIDO PIRATA
 

 


Após tiroteio em Unterföhring, político do Partido Pirata causa preocupação com mensagem de ódio no Twitter

BERLINER ZEITUNG


14 de junho de 2017

Thomas Goede, candidato ao Bundestag pelo partido Pirata, causou horror e preocupação com mensagem de ódio postada no Twitter, após tiroteio no município de Unterföhring, no distrito de Munique, onde uma policial de 27 anos foi gravemente ferida e está correndo risco de vida.

Sobre o nome “Dreibeart”, o político twittou logo após o tiroteio: “Mas que lindo dia. Fora, policiais imundos. Estou abrindo uma garrafa de champanhe”. Logo depois, ele completou com a sigla “ACAB”, que é a abreviação em inglês de “All Cops are bastards”, ou seja, “Todos os policiais são bastardos”, em português.

Alguns membros do seu partido se mostraram perplexos com a atitude de Goede. Claramente, os Piratas se distanciaram do candidato ao Bundestag pelo Estado de Brandenburgo, que está no 10º lugar no ranking estadual. “Nós nos mantemos afastados de comentários inconvenientes de alguns indivíduos e esperamos o restabelecimento da policial ferida”.

A diretoria nacional do Partido Pirata postou no Twitter: “Somos completamente contrários a aprovações públicas da brutalidade ocorrida recentemente em Munique”.

A policial baleada em Unterföhring prossegue ainda correndo risco de vida.
Na terça-feira, um homem de 37 anos, causou um tumulto na estação de bondes em Unterföhring, se atracando com uma policial, tomando sua pistola de serviço e no fim, abriu fogo. A policial de 27 anos acabou sendo atingida na cabeça.

Goede foi suspenso de todas as atividades dentro do partido, de acordo com informações do jornal “Märkischen Allgemein”. No entanto, o partido até o presente momento, não considerou uma expulsão do partido. 

Tradução: Márcio Alexandre